Home  | Notícias  | Expediente 



11 de Julho de 2018 - 04:56

Tabelião de Maracaju fala sobre simplificação de burocracias no Cartório




 

O Vice-presidente do Cnb/Ms e Tabelião em Maracaju, Leandro Augusto Neves Correa, falou recentemente sobre a simplificação nas burocracias que  antes exigiam tempo e paciência e agora é agilizado pelos cartórios em Mato Grosso do Sul. Um desses procedimentos, demorava entre 90 e 120 dias, e em 2016 passou a ser resolvido em minutos. É a legalização de documentos que serão utilizados no exterior, como títulos para cursos de doutorado, por exemplo, ou necessários para obtenção de dupla cidadania.

Esses processos foram simplificados com a assinatura da Convenção da Apostila da Haia no Brasil e a implantação do Sistema Eletrônico de Informação e Apostilamento (SEI Apostila). Em resumo, o que o cidadão precisa saber é que não há mais necessidade de contratar despachantes, fazer viagens aos consulados ou gastar dinheiro com qualquer outro trâmite complicado para autenticar documentos de uso internacional.

Tudo pode ser feito no cartório conveniado, o que interiorizou os serviços. “Como a rede de cartórios no Brasil é muito maior que a de consulados, por exemplo, essa foi a grande sacada. A convenção interiorizou os serviços. Hoje, aqui em Maracaju, por exemplo, a população resolve essas questões sem sair da cidade”, comenta o tabelião do 1º Oficio de Maracaju, Leandro Augusto Neves Correa.

Para exemplificar, ele cita a necessidade constante de validar documentos de pessoas que moram na grande colônia de holandeses que existe no município e também fala de um caso recente. “Na semana passada, um rapaz precisava de certidões de estudos, porque vai morar no Japão. Em meia hora conseguiu resolver todas as pendências”.

Documentos brasileiros passam a ter validade no exterior e documentos estrangeiros ganham poder no Brasil.

O interessado só precisa levar o documento a ser validado até o cartório. Ele será digitalizado por scanner de alta precisão, depois receberá assinatura digital e será gerada a Apostilha de Haia, com todos os dados de autenticação. Esse novo documento terá um QR Code, para acesso ao original em órgãos oficiais de qualquer um dos 111 países signatários da Convenção.

O valor é outra vantagem e tanto. Cada serviço custa apenas R$ 84,00. “É infinitamente mais barato que da forma como ocorria antes. Muitas vezes a pessoa precisava viajar até capitais onde havia determinado consulado para resolver o problema”, explica o tabelião.

A mudança facilitou a vida de estudantes, trabalhadores, pessoas em busca de dupla cidadania, profissionais que buscam especializações fora e até empresas com contratos internacionais.

Para ver a lista de cartórios que oferecem esse serviço em Mato Grosso do Sul, acesse o site do CNJ (Conselho Nacional de Justiça). (Com informações do Campo Grande News)

Rallph Barbosa – Noticidade 



principal  |  imprimir

Plantão

.
21/02/2019 - 18:35  Em entrevista coletiva, prefeito reconhece falha, mas garante reforma nas escolas
21/02/2019 - 13:55  Estudante é preso com mais de 400 quilos de maconha na MS-164
21/02/2019 - 11:20  Após pressão, Prefeitura inicia reparos em escola no Capão Bonito II
21/02/2019 - 11:05  Clayton Ortega reassume cargo na Secretaria de Governo da Prefeitura
21/02/2019 - 09:02  Projeto de Lei prevê pagamento de 14º e 15º salário a professores do município
21/02/2019 - 08:30  Vereador quer anulação de mão única em vias paralelas a Dorvalino
20/02/2019 - 13:44  Prefeito Maurílio faz entrega de Van adaptada para a secretaria de Saúde
20/02/2019 - 09:22  Vilma Felini pede interdição de escola que teve até incêndio em assentamento
19/02/2019 - 21:53  Após diagnóstico de câncer no fígado, amigos de Hélder Zoz realizam almoço beneficente
19/02/2019 - 16:47  Após denúncias, Vereadores formam comissão e fiscalizam escolas municipais
19/02/2019 - 14:34  Sidrolândia já tem 564 notificações de Dengue e virou destaque em MS
19/02/2019 - 13:50  MDB articula Renato Câmara para a presidência do partido em MS
19/02/2019 - 11:08  Sanesul adota equipamento para detectar problemas na rede em Maracaju
19/02/2019 - 10:27  Moradores do Valinhos também reclamam de abandono nas estradas
19/02/2019 - 08:41  Pais de alunos reclamam da péssima condição das escolas municipais
18/02/2019 - 13:43  “Sem condições”, afirmam moradores do Eldorado sobre estradas na região
18/02/2019 - 10:25  Ao lado de Enelvo, vereadores e Presidente visitam Agraer e levam demandas
18/02/2019 - 09:23  Rede Municipal de Ensino retorna com mais de 8,2 mil alunos para 2019
17/02/2019 - 21:35  Maracajuense Valdeir Souza Silva vence Duathlon no Bonito Cross
17/02/2019 - 21:11  Contrato emergencial com a Morhena garante retomada na limpeza de lixo e entulhos
 
 
 





 

 








Contato:(067) 9 9658 0765
Email: jornalnoticidade@hotmail.com

© 2019 MD-webmarketing - Todos os direitos reservados